top of page

8ª edição do ARVO Festival reúne em Florianópolis Baco Exu do Blues, Jorge Aragão e Liniker

Festival acontece em 28 de outubro na Praia do Campeche.

Foto: Roncca.


Com data marcada para 28 de Outubro, o ARVO Festival se prepara para realizar a maior edição da história do festival no Império das Águias, em Florianópolis, com a presença do rapper Baco Exu do Blues, Furacão 2000, Jorge Aragão, FBC, Anelis Assumpção, Rubel, Liniker, Nação Zumbi, Dandara Manoela convida Rincon Sapiência, Coral Tape Mirim convida Eliara Antunes, Tulipa Ruiz e Reis do Nada com participação de Flora Cruz e Re Significa.


Além deles, o palco Discoteca vai trazer o Baile da Brum, Arrasta, Mvuka, Hip Hop Deraiz FT Yasmin Limas, Troop FT EDU, Banzeiro FT Turbilhão, Salseiro FT Kika Deeke & Allen Rosa, Baile dos Gêmeos e As Mina do Som FT Macaxeira Frita. Ingressos aqui.




Desde 2018, os sócios André Costa Nero e André Pardini, vem promovendo em Florianópolis artistas que se destacam no cenário nacional da música brasileira, assim como artistas locais, a fim de fomentar a cena. Com 5000 pessoas presentes na última edição, os organizadores do evento trabalham para dobrar o público em 2023: “Sabemos que é um desejo ousado, mas é o nosso objetivo, sem dúvida. Trabalhar para fortalecer cada vez mais a nossa estrutura e poder ser um ativo relevante não só para Santa Catarina, mas como forma de fomentar a música brasileira como um todo”, diz André Costa Nero.


Palco Discoteca


Numa mistura de funk, brasilidades, drum and bass, eletrônico e hip hop, o palco Discoteca vai reunir o que de melhor agita as pistas na cidade e a partir das 14h traz: Baile da Brum, Arrasta, Mvuka, Hip Hop Deraiz FT Yasmin Limas, Troop FT EDU, Banzeiro FT Turbilhão, Salseiro FT Kika Deeke & Allen Rosa, Baile dos Gêmeos e As Mina do Som FT Macaxeira Frita.



Sustentabilidade


Além da música, claro, a sustentabilidade também é marca registrada do ARVO, e o evento chega à sua oitava edição fomentando ações sustentáveis em parceria com empreendedores locais, alimentação popular, geração de recursos por meio da coleta seletiva e o apoio aos profissionais que reúnem materiais recicláveis.


Em 2022, o evento conseguiu uma redução de 94% na geração de lixo que é desviada do aterro sanitário e a neutralização dos GEE (gases de efeito estufa) gerados. Devido ao gerenciamento dos resíduos e sua destinação correta, deixou de emitir cerca de 0,66t CO2 e, com isto, aproximadamente 92% das emissões relacionadas aos resíduos sólidos foram evitadas.


Dessa forma, o ARVO normaliza a baixa geração de resíduos, promove a reciclagem e compostagem, fomenta o trabalho dos catadores de materiais recicláveis, neutraliza sua pegada de carbono e aposta na conscientização ambiental através da experiência, misturando arte e engajamento ecológico.



Comments


bottom of page