• eolor

Após críticas por falta de diversidade, diretor de 'Friends Reunion' responde

"Qual outra diversidade eles querem nesta reunião? O elenco é o elenco", respondeu Ben Winston.

Após críticas por falta de diversidade, diretor de 'Friends Reunion' responde

(Foto: Divulgação/Warner Bros.)



Texto: Arthur Anthunes


O diretor da tão esperada reunião de "Friends", Ben Winston, respondeu às acusações de que o especial não possuía diversidade. Episódio, que estreou na HBO Max em 28 de maio, foi acusado de não apresentar diversidade no elenco, em especial, a falta de pessoas pretas no casting. Problemática é uma crítica antiga da série, que há décadas se vê imersa em polêmicas e apontamentos relacionadas ao tema.

Após críticas por falta de diversidade, diretor de 'Friends Reunion' responde

(Foto: Ben Winston / Reprodução / Redes Sociais)


Em uma entrevista ao jornal The Times, Winston declarou acreditar que aqueles que criticam o especial pela falta de diversidade não o viram de fato. Diretor disparou:


"Temos Malala, Mindy Kaling, BTS. Há três mulheres de Gana, uma que fala sobre como Friends salvou sua vida. Dois meninos do Quênia. Três filhos na Índia. Qual outra diversidade mais eles querem nesta reunião? O elenco é o elenco. Foi feito em 1994. Acho notável como ele resiste ao teste do tempo."

Quando perguntado por que nenhum dos poucos membros negros, que passaram pelo elenco original de "Friends", apareceram no novo especial de reunião, Winston simplesmente disse que "nem todo mundo poderia participar do show". Diretor concluiu: "Estou muito satisfeito com o show que conseguimos montar".


No último ano, David Schwimmer, que interpreta Ross, disse, em entrevista, ter insistido no assunto à época: “eu sabia da falta de diversidade e passei anos fazendo campanha para o Ross namorar mulheres de diferentes etnias”.

Para mais informações sobre tudo que acontece no mundo do cinema, música e TV, siga o eolor no Instagram: