• eolor

Após ser esnobado pelo Grammys, The Weeknd diz que premiação continua 'corrupta'

Mesmo com uma das músicas de maior destaque do ano, cantor não recebeu nenhuma indicação à premiação!

Após ser esnobado pelo Grammys, The Weeknd diz que premiação continua 'corrupta'

(Foto: The Weeknd / Variety / Pari Dukovic)


Ninguém esperava por isso. The Weeknd foi completamente esnobado pela Academia do Grammys nas indicações 2021 do evento. Mesmo tendo entregado uma das maiores músicas do ano com 'Blinding Lights' e um dos álbuns mais aclamados com 'After Hours', o artista canadense não recebeu nenhuma indicação ao prêmio máximo da música. Fato deixou comunidade internacional em choque e mais uma vez reacendeu o debate sobre racismo na premiação.

É bem verdade que o Grammys vem se envolvendo em inúmeras polêmicas ao longo dos últimos anos, principalmente sobre a autenticidade e qualidade dos artistas indicados na premiação. Vários episódios tidos como corruptos e racistas marcaram o evento, desencadeando na população e no próprio meio musical, grande revolta. Neste episódio em específico, o próprio The Weeknd não se calou e usou suas plataformas para questionar duramente a Academia de Gravação do Grammys. Classificando o alto escalão do evento como 'corrupto', cantor ressaltou que ele precisa de respostas.

"O Grammys continua corrupto. Vocês me devem explicações, devem explicações aos meus fãs e à indústria" - Compartilhou Weeknd.

Em meio à toda polêmica, o site TMZ informou numa matéria exclusiva, que o alto escalão do Grammys jogou ultimato para o The Weeknd, se apresentar com exclusividade na premiação ou fazer o show do SUPER BOWL. Ao que parece, Weeknd optou pelo Super Bowl e isso lhe custou indicações na premiação.

Não sabemos o que de fato pode ter acontecido, mas Weeknd chegou a compartilhar que tinha planejado fazer uma apresentação no Grammys, mas nem chegou a receber convite para isso. No momento, vários grandes artistas seguem demonstrando apoio ao cantor, chocados com o ocorrido.

Para mais informações sobre o mundo da música, acompanhe o eolor no Instagram.

Texto: Arthur Anthunes

eolor