• Arthur Anthunes

'Bridgerton' apresenta uma suntuosa produção e conquista com conto atrevido

Baseado no romance de Julia Quinn, 'Bridgerton' é ambientado em 1813 e história gira em torno da ingênua Daphne Bridgerton, vivendo no competitivo mercado de casamento londrino.

'Bridgerton' apresenta uma suntuosa produção e conquista com conto atrevido

(Foto: Divulgação / Netflix)


Produzido por Shonda Rhimes - e baseado no primeiro romance de Julia Quinn - temporada inaugural de 'Bridgerton' é ambientada em 1813 e gira em torno da ingênua Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor) em sua jornada como uma debutante no competitivo mercado de casamento londrino.


A ambientação clássica apresenta famílias vivendo num período regencial, com destaque para os sobrenomes reais Bridgertons e os Featheringtons, num embate romântico, sexy e atrevido. A história de Daphne se cruza com a de Simon Basset (Regé-Jean Page), mascarando uma atração sensual, na luta por títulos reais com muito amor, ódio e relações de poder. 'Bridgerton' apresenta tudo com grande qualidade, festas extravagantes, jogos de câmera e figurinos de época elaborados, ambientes e cores de tirarem o fôlego. Toda a produção é suntuosa e impecável.

É importante destacar um dos objetivos principais da série, o de escalar atores negros em papéis escritos tradicionalmente para pessoas brancas. Esse aspecto isolado, de fornecer uma versão diversa de um mundo que assimetricamente excluía pessoas pretas não é pouca coisa e merece destaque. Ao longo da série, em meio aos altos e baixos provocados pelo enredo, várias questões raciais são colocadas em jogo, criando debates e análises pertinentes num momento tão desafiador.

A história de Daphne Bridgerton se cruza com a de Simon Basset (Regé-Jean Page),

(Foto: Reprodução / Netflix)


Com enorme sucesso, Netflix já garantiu uma segunda temporada da série, na verdade, 'Bridgerton' bateu números nunca antes vistos por uma produção original da Netflix, obra foi vista por mais de 82 MILHÕES de lares, estabelecendo um novo recorde para a plataforma.

Deixo aqui a recomendação da obra, que através de 8 episódios constrói uma narrativa atrativa e diversa.


Para mais informações sobre o mundo da música e do cinema, siga o eolor no Instagram.