top of page

Comemorando 10 anos de carreira, Gaby Amarantos lança o EP 'Pirarucool'

Indicada pela terceira vez ao Grammy Latino pelo álbum “TecnoShow”, Gaby Amarantos é hoje uma das maiores multi-artistas do Brasil, conhecida pelo talento e criatividade.

Foto: Rodolfo Magalhães.



Indicada pela terceira vez ao Grammy Latino pelo álbum “TecnoShow”, Gaby Amarantos é hoje uma das maiores multi-artistas do Brasil, conhecida pelo talento e criatividade. A gata passeia pelos ritmos do Pará, se misturando com outras influências, num som único com letras eletrizantes.

Para comemorar os 10 anos de carreira a contar a partir do álbum “Treme”, ela lança o EP “Pirarucool”, com duas faixas de cada disco de sua discografia completamente repaginadas com feats especiais. “Esse lançamento é uma comemoração não só do ‘Treme’ como da minha carreira, da minha trajetória até aqui” – comentou Gaby – “Fora isso é uma oportunidade dessas músicas voltarem para as pistas numa versão diferente” – comentou ela.


A já clássica “Xirley”, do famoso refrão “Eu vou samplear/Eu vou te roubar”, ganhou remix “Xirley” (Mixada na Calcinha) assinado pela produtora MGZD, e duas participações especiais, das gatas Johnny Hooker e Majur.


“Ex Mai Love” (1,99 Remix) se transformou num batidão eletrizante, o hit da novela “Cheia de Charme” virou um hino dançante para as pistas pop. Gaby convoca a cantora e compositora Lexa, que trouxe sua pegada funk para a canção. “As pessoas amam essa música, sempre me pedem para cantar, e agora ela ganha mais força ainda com a voz da Lexa, com quem tenho uma conexão linda. Ficou muito divertida, poderosa e dançante. Acho que as pessoas vão se jogar muito até o chão” – se diverte.


Foto: Rodolfo Magalhães.

“Não Vou te Deixar” (Rainha Monarca Remix) é mais um mergulho nas raizes da artista, Gaby traz sua afilhada Leona Vingativa para revisitar esse hit atemporal babadeiro.


As novas versões são de fato novas músicas, ganharam novas letras, se transformaram em novos singles. “Príncipe Negro” (Pegada do Petro) é um feat com Hiran, “é o grito dos descendentes de Rainhas e Reis, um funk afrobeat saliente exaltando a beleza e potência do nosso povo. É uma criação minha e do meu baby Hiran, promovendo uma mistura nova entre Pará e Bahia” – comentou Gaby.

“Rolha” (Eu Quero) ganhou novos versos e a participação de Luisa Nascim, da Luisa e os Alquimistas, flertando com o trap, “Égua da mistura poderosa para a mulherada poder se jogar na bateção, se inspirar e falar com muita liberdade da sua sexualidade” – disse Gaby.

“Pau de Selfie”, é um feet com as “Irmãs de Pau”, que trouxeram a rima delas e transformaram essa música numa nova faixa. “É a mais ‘proibidona’ do EP e a galera vai adorar interagir com essa faixa que já é um viral nas redes” – finaliza.

Além das músicas, “Pirarucool” vem com os primeiros videoclipes que Gaby está fazendo com utilização de Inteligência Artificial. Os artistas visuais paraenses Lucas Mariano e Heijy Okada são pioneiros no assunto e assinam tanto os visualizer que serão lançados junto com o EP como a capa.


Sempre se reinventando, Gaby Amarantos faz de suas músicas singles inéditos, com novas letras, novos arranjos e com a ousadia e a coragem de transformar no que der vontade.



Comments


bottom of page