Conheça Arthur Anthunes, o jornalista negro mais influente do Brasil no Twitter

Atualizado: 8 de ago.

Seguido por nomes como Lula, IZA, Marina Sena e Claudia Leitte, o jovem baiano mobiliza mais de 20 milhões de interações na internet

Fotografia: Vinícius Marques / Stylist: Raul Nunnes


Aos 25 anos, Arthur Anthunes, ou simplesmente ARTH, como é conhecido nas redes, foi descrito como um dos jornalistas mais influentes do Brasil no Twitter. De acordo com a plataforma Brazil Chart Lab, que monitora o nível de influência dos profissionais de comunicação na internet, o baiano se mantém com uma das taxas de engajamento mais altas do país, sendo, atualmente, o jornalista negro mais influente da rede social e o 11º no ranking geral. Nomes famosos como IZA, Marina Sena, Gaby Amarantos, Claudia Leitte, Linn da Quebrada, Ademara, Drik Barbosa, Lula, Natuza Nery, Negra Li, Erika Hilton e muito mais, acompanham as publicações do ARTH.


Acumulando mensalmente mais de 20 milhões de impressões e mais de 47 mil seguidores dentro do microblog, Arthur compartilha diariamente conteúdos voltados para o mundo do entretenimento, música e artes no geral. Enquanto homem negro e LGBTQIA+, ele destaca a importância de sua trajetória. “Comecei minha carreira escrevendo conteúdos sobre a Beyoncé, uma das maiores artistas do mundo. Desde então, passei a ampliar minhas publicações sobre artistas pretos dentro do entretenimento”, diz o jornalista ao citar a forma como iniciou seu trabalho. “Eu nem imaginava que era possível para uma pessoa como eu ser jornalista ou comunicador, venho de um lugar onde as oportunidades são muito difíceis”.

Natural de Santa Rita de Cássia, interior do oeste da Bahia, Arthur diz que nunca pensou em seguir a área da comunicação pois não conseguia se ver ocupando um espaço como esse. “Venho de uma família realmente humilde, até hoje lidamos com problemas financeiros, estudei a minha vida toda em escola pública, saí de casa aos 15 anos, estudo e trabalho sozinho desde então, buscando apenas a melhor forma de sobreviver, nunca me vi no ramo da comunicação porque nunca conheci ou vi alguém como eu neste espaço, nunca tive um modelo a seguir, às vezes, até hoje questiono se estou no caminho certo. Acho que por conta da minha origem, são poucos os apoios que tenho”, diz o jovem baiano. “Foi uma grande casualidade ser abraçado por algumas pessoas na internet, acho que isso mudou minha vida. Hoje, ainda com muita dificuldade, consigo me ver ocupando esse espaço de levar informação pras pessoas. Quando vejo os números que venho fazendo percebo que a trajetória valeu a pena, está valendo a pena, na verdade”.



Fotografia: Vinícius Marques / Stylist: Raul Nunnes


Atual redator do site Mundo Negro, ARTH acredita que tudo possui uma razão de ser na vida. “Não acredito em acaso, sei que as coisas acontecem por uma razão. Comecei minha jornada na internet em 2019, de lá pra cá conheci pessoas incríveis. Silvia Nascimento [Head de Conteúdo do site Mundo Negro] foi uma das primeiras pessoas a acreditarem em minha escrita, aprendo todos os dias com ela e tento sempre entregar o meu melhor”, diz Arthur.


Fotografia: Vinícius Marques / Stylist: Raul Nunnes


Escrevendo e conversando com o público da nova geração, Arthur também criou seu próprio portal de informações, o eolor, uma plataforma de entretenimento, música, cinema e TV. “O eolor é uma extensão do meu trabalho no Twitter. Espero que um dia ele cresça e eu seja capaz de convidar outros jornalistas negros para atuarem comigo. Sempre desenvolvo meus trabalhos com ética, respeito e responsabilidade, são meus pilares. Hoje alcançamos mais de 1 milhão de pessoas, semanalmente com o eolor, então acredito muito no potencial desse projeto”, diz ele ao citar com orgulho sua plataforma que, apenas no Instagram, já acumula mais de 75 mil seguidores.


“Eu nunca paro de estudar, estou me especializando em informação digital, continuo estudando jornalismo, sempre estou tentando melhorar. Foram poucas as oportunidades que surgiram em minha vida, mas não vou parar de fazer o que amo, tenho planos de me lançar como apresentador do eolor, temos alguns projetos em mente e acredito que nosso público vai gostar”, finaliza ARTH.