top of page
  • Foto do escritoreolor

Faltam apenas 50 dias para o The Town 2023 e a Cidade da Música já começa a ganhar forma

Palcos estão sendo erguidos no espaço e oito complexos de banheiros em containers já estão sendo montados e conectados à rede de água e esgoto.



Faltando exatos 50 dias para o início do The Town, uma nova cidade começa a ser erguida em São Paulo: a Cidade da Música. O festival começa a ganhar forma com a subida das estruturas que vão compor todo o espaço que vai ocupar 360 mil m² do Autódromo de Interlagos. O local se prepara para receber os 500 mil fãs que vão viver dias mágicos naquela que será a primeira e histórica edição do maior festival de São Paulo.


Neste momento já é possível notar os e pilares do placo Skyline – que recebe os headliners Post Malone, Bruno Mars, Maroon 5 e Foo Fighters –, e da São Paulo Square. Na parte de infraestrutura, já é possível ver no terreno uma outra estrutura bastante elogiada no irmão carioca, o Rock in Rio, e aguardada pelo público do The Town, que são os banheiros – que serão ligados diretamente a rede de água e esgoto, trazendo um maior conforto ao público. Além de uma experiência de gramado de arrancar suspiros, o festival vai trazer para a Área Vip todo o cuidado e sofisticação que o local merece, e vai proporcionar uma experiência gastronômica única assinada por grandes chefes.


"Estamos praticamente na reta final de preparação para o The Town. Em 50 dias estaremos juntos, entrando para a história com a primeira edição. A Cidade da Música já está ganhando forma e vamos fazer uma grande festa no local. Estamos acompanhando de perto cada nova estrutura que é erguida, olhando atentamente cada de detalhe para que todas vivam uma experiência mágica durante os cinco dias de festival. Será inesquecível.” conta Luis Justo, CEO da Rock World, empresa que criou, organiza e produz o The Town e o Rock in Rio.

Ana Biavaschi, Diretora de Rockreators e Cenografia da Rock World, ressalta todo o encanto que a Cidade da Música terá: “E Este será um lugar repleto de magia. As pessoas que passarem por aqui vão se surpreender com tudo o que estamos preparando. Estamos tendo um grande cuidado em cada detalhe da cenografia, desde as construções aos retoques e ajustes finais. Será um grande parque de entretenimento e o que queremos é despertar suspiros das pessoas a cada passo." finaliza.


Aos poucos a Cidade da Música ganha vida. A montagem de um quebra-cabeças começa e as primeiras áreas a subir são os banheiros, os palcos Skyline e São Paulo Square. Uma das novidades que é bastante aguardada pelo público são os banheiros que serão instalados no festival. As estruturas já começaram a ser erguidas, possuem ligação direta com a rede de água e esgoto. Para que o público tenha a melhor experiência e conforto possível, a Cidade da Música conta com oito complexos de banheiros que serão distribuídos em lugares estratégicos, compostos por diversos containers que, além das cabines reservadas, terão pias para higienizar as mãos, sensores de identificação de ocupação das cabines e rampas e módulos acessíveis. Durante todo o período do festival, as equipes de limpeza atuarão constantemente na manutenção do local, garantindo uma experiência impecável aos fãs.


Inspirado nos arranha-céus de São Paulo e com uma a cenografia que tem 2.300m2 de chapa metálica, 41m de altura – equivalente a um prédio de quase 14 andares –, 95m de comprimento, 440 toneladas de material pra construção e 2.300m2 de pisos construídos, o gigantesco palco Skyline também começa a ganhar vida na Cidade da Música, com os primeiros arcos e pilares já de pé. O espaço receberá grandes nomes da música nacional e internacional, sendo o palco mais mainstream do festival. O Skyline é o palco mais alto já produzido pela Rock World, com altura maior, inclusive, que o Palco Mundo do Rock in Rio. Previsto para receber quatro shows por dia, o espaço tem grandes nomes da música confirmados como Bruno Mars, Post Malone, Maroon 5 e Foo Fighters, que serão os headliners do palco. Ainda sobre o Skyline, diariamente acontecerá uma mágica queima de fogos de artifício sincronizada, na abertura e no encerramento, e no primeiro dia do The Town, 2 de setembro, acontecerá um show de luzes icônico comandado por Ney Matogrosso.

Já a São Paulo Square é a área que vem inspirada na região em que a cidade de São Paulo foi fundada, com prédios históricos e arquiteturas icônicas da metrópole. Tudo isso embalado ao ritmo de muito jazz e blues, gêneros musicais que vão predominar no palco. Na Cidade da Música, a cenografia da São Paulo Square traz sete edificações inspiradas em alguns dos principais ícones históricos da arquitetura da capital – o Teatro Municipal, a Pinacoteca, o CCBB, a Estação da Luz, Mercado Municipal, Museu do Ipiranga e a Catedral da Sé em 1.300m2 de fachadas construídas em fibra de vidro, 2.700m2 de pisos construídos e 17m de altura. Fazendo jus a grandiosidade do espaço, no total, serão utilizadas 32 toneladas de cenografia e uma tonelada de estrutura metálica.


Cuidado e sofisticação na Área Vip do The Town

Na Cidade da Música, a sofisticada Área Vip será composta por três andares, com varanda escalonada para que todos possam aproveitar ao máximo a visão privilegiada para o palco Skyline. O espaço também conta com uma vista panorâmica pra toda a área que o The Town vai ocupar no Autódromo de Interlagos. A Área Vip será climatizada e também conta com banheiros ligados a rede de água e esgoto, além de uma cenografia que vai encantar todos os presentes. No local, o público encontrará sofisticação em cada detalhe e viverá uma verdadeira experiência gastronômica única assinada por grandes chefes.

Comments


bottom of page