top of page

João Rock 2023: line-up da edição 20 anos promove a união entre gerações

Em Ribeirão Preto, Festival reúne os pioneiros da música popular brasileira e novas promessas da cena atual em seus quatro palcos

(Foto: Divulgação)


O João Rock, em seus 20 anos de estrada, acompanha as transformações artísticas e reverencia a diversidade cultural do país. Refletindo o atual panorama na música nacional, o festival se tornou um polo cultural que consagra a pluralidade da cena musical, além de outras manifestações artísticas, em um só espaço.


Neste ano, em uma edição comemorativa, o João Rock acontece no dia 03 de junho, com uma estimativa de receber 70 mil pessoas. O festival chega com quatro palcos e estrutura ampliada, trazendo mais de 30 atrações musicais e diversas ações interativas com o público, como roda-gigante, tirolesa, pista de skate e outras inovações.


No palco Brasil "Lendas - Vol. 1", o João Rock dedica um espaço de prestígio aos pioneiros da MPB, como Gilberto Gil, Zé Ramalho, Mutantes, entre outros. A presença desses artistas reúne fãs de todas as idades, reverenciando suas inspirações e celebrando a história da música nacional.




“Eu e os meus pais vimos juntos pela primeira vez o show do Gil no João Rock, referência para mim e para eles não só da música, mas também, de manifesto cultural brasileiro. O João Rock é um espaço plural que proporciona às pessoas de diferentes idades e regiões do país a oportunidade de prestigiar os artistas que tanto admiram e, que ainda conheçam mais da cena atual da música brasileira. É um prazer gigante ver os meus pais reverenciando seus artistas favoritos e eu poder apresentar a eles os meus também”, conta Bruna Gentil (25), que acompanha o festival ao lado do pai Adilson (62) desde 2018.

Os palcos Fortalecendo a Cena e Aquarela, dedicado às produções independentes e vozes femininas da música brasileira, respectivamente, são espaços para as novas promessas da cena musical exibirem e explorarem diferentes manifestos artísticos, com linhas de afrobeat e R&B, rap, hip hop e MPB, trazendo novos ritmos e gêneros musicais ao festival. É neste cenário que a edição comemorativa de 20 anos reúne gerações nos palcos e no público, permitindo que os jovens de hoje e dos anos 70, 80 e 90 revejam seus ídolos e também sejam apresentados ao novo.

Além disso, nomes como Emicida, Pitty e Capital Inicial figuram ao lado de L7nnon e Filipe Ret e Gilsons, se apresentando no Palco João Rock, onde também os amantes do rock conhecerão a banda Lane, vendedora do concurso de bandas. Mais uma vez, uma mistura de emoções, gerações, música e encontros que é o que se propõe o festival nesta edição.

 

Acompanhe tudo que acontece no mundo da música, cinema e TV. Siga o @eolor no Instagram.



Comments


bottom of page