top of page

Karinah, a estrela do samba que tem Alcione como madrinha: “Não tenho palavras para descrever tanta luz e gratidão”

Karinah diz que tem Alcione, Clara Nunes, Beth Carvalho, Gal Costa, Maria Bethânia e Ivete Sangalo como inspirações: “O carisma delas é outro nível”

karinah e alcione

Foto: Nelson Avelar.


Um dos nomes de maior destaque no samba atualmente, Karinah tem muito a celebrar. Compositora de samba-enredo e musa da Mangueira, ela possui músicas com Dudu Nobre, Xande de Pilares, Belo, Arlindinho, Sorriso Maroto entre outros. Com uma carreira musical que já possui décadas de jornada,  atualmente, a estrela está rodando o Brasil com Alcione, num show que celebra 50 anos de carreira da consagrada artista.


“A turnê da Alcione é uma fonte inesgotável de amor e muito trabalho. É um verdadeiro reconhecimento do público para com ela. 50 anos de carreira é muito tempo de trajetória e amor ao Brasil e a música brasileira. É um legado que merece todos os aplausos da vida”, diz ela em entrevista ao eolor. “O que mais me encanta e impressiona é ver que cada show é diferente. Cada interpretação, cada gesto é único. Ela faz a diferença e por isso é sempre incrível estar no palco com minha madrinha. Eu aprendo demais com ela. Sem falar no carinho e respeito com os fãs, com a equipe e com a família.  Me sinto muito amada e prestigiada por ela e por toda a família da Marrom Music e por seus fãs também. Não tenho palavras para descrever tanta luz e gratidão”.




Além de musa da Mangueira, Karinah também é madrinha do projeto social da escola e, recentemente, disponibilizou o seu avião pessoal para entrega de doações às vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul. “Olha, eu sempre fui engajada em ações sociais. Desde sempre mesmo! Quem já viveu na pele sabe a real importância em doar. Isso é ter empatia. É se colocar no lugar de quem realmente precisa de ajuda. Cada um oferece o que tem dentro de si”, diz ela.


Apesar da grande projeção, Karinah não esconde as dificuldades que enfrenta ao relatar que o samba ainda é um gênero dominado pela presença masculina. “Ainda vivemos nesse mundo dominado por homens. No entanto, vejo que aos poucos estamos mudando a maneira de pensar das pessoas. O mundo é muito machista. Seja lá qual for a profissão da mulher ela vai enfrentar isso”, conta ela, ao relatar que segue a carreira com força e determinação. “ Seguimos com ousadia, nos posicionando e revertendo essa história. O meu maior desafio é o preconceito. Para tentar driblar isso, eu procuro me cercar de pessoas capacitadas e de confiança. De produtor musical a empresários. É preciso ter muita paciência, foco e ótimas referências”. 


karinah cantando

Foto: Nelson Avelar.


Citando estrelas femininas que a inspiram no mercado da música, Karinah é enfática ao destacar os nomes de Alcione, Clara Nunes, Beth Carvalho, Gal, Bethânia e Ivete Sangalo. “O carisma delas é outro nível e também me passam muita verdade em tudo que fazem”, diz a sambista, que também deixa um conselho para as mulheres que sonham em seguir carreira dentro do samba. 


“Vou compartilhar com vocês a mesma mensagem que recebi da Alcione no ano de 2006 e que jamais irei esquecer: ‘Você tem que fazer da sua carreira como um sapateiro que faz um sapato bonito, como um padeiro que faz um pão gostoso. Você precisa ser escritor da sua vida, da sua trajetória’. É simples e forte ao mesmo tempo, né? Eu levo essas palavras para toda a minha vida”, destaca a artista.





Comments


bottom of page