• eolor

Série 'Deu Positivo' estreia no Globoplay: "Projeto de extrema importância"

Com clareza e naturalidade, produção é protagonizada por pessoas que vivem com HIV.

(Raul Nunnes. Foto: Divulgação)


Estreou no final de agosto, dentro da Globo Play, a segunda temporada da série documental Deu Positivo, idealizada pela Vbrand e coproduzido com a Cine Group para a GKS/ViiV Healtcare. Este projeto é protagonizado por pessoas que vivem com HIV e mostram suas histórias com clareza e naturalidade, e relata também a forma como eles lidam com o preconceito e estigmas. A série documental que estreou na MTV no ano passado relata a vida de importantes ativistas da causa. Em um dos episódios quem abre literalmente a porta de casa é o ativista, apresentador e produtor executivo do Podcast Original Spotify Preto Positivo, Raul Nunnes. Ao lado de Gae Estrela, Thais Renovatto e o seu parceiro no podcast Emer Conatus, Nunnes relata as dificuldades que enfrentou por conta do preconceito no mercado de trabalho e como se reinventou ao longo dos anos. O podcast Preto Positivo apresentado por Raul e Emer Conatus é resultado do projeto Sound Up desenvolvido pelo Spotify, com intuito de potencializar criadores de contéudos negros e indigenas. "Tanto a série quanto o Preto Positivo são projetos de extrema importância para a sociedade de modo geral, é inaceitável que após 40 anos de epidemia pessoas morram em decorrência da AIDS, por falta de informação e preconceito, uma vez que o tratamento no nosso país é gratuito". As duas temporadas da série estão disponíveis na Globo Play e a primeira temporada completa do Preto Positivo que conta com a participação do apresentador Alberto Pereira, do cantor Rico Dalasam, e ativistas como Ezio Rosa e Priscila Obaci, está disponível no Spotify.